Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

São José terá novo vereador a partir de janeiro – Baltazar deixa Câmara para ser chefe de gabinete da prefeitura

sao-jose-tera-novo-vereador-a-partir-de-janeiro-baltazar-deixa-camara-para-ser-chefe-de-gabinete-da-prefeitura

A população de São José do Vale do Rio Preto vai ver a partir 01 de janeiro de 2019, uma mudança inédita no Legislativo Municipal. O atual vereador Felipe Machado Baltazar, que faz parte da mesa diretora da Câmara Municipal como 1º secretário, deixa o cargo para assumir a vaga de chefe de gabinete do prefeito Gilberto Esteves. A troca já foi publicada no Diário Oficial, onde o então chefe de gabinete Adriano Martins de Oliveira será exonerado a partir da mesma data, assumindo o cargo de vereador na Câmara Municipal como suplente, assim que os demais vereadores convocarem o novo titular da vaga legislativa. A exoneração também já foi publicada no Diário Oficial.

Baltazar foi eleito com 3,12% dos votos válidos, com um total de 386 votos. Pela coligação, Adriano Martins, é o suplente da vaga. O atual chefe de gabinete teve 1,63% dos votos válidos, com um total de 202 votos.

Em contato com o vereador Baltazar, ele confirmou que vai se licenciar da função no legislativo no fim de dezembro e assumir a chefia de gabinete a partir de janeiro de 2019. A contar do dia da licença a câmara precisa convocar o suplente para ocupar a cadeira de vereador. Neste caso, o suplente de Baltazar é Adriano Martins que, atualmente, é o chefe de gabinete do poder executivo.

Baltazar informou que qualquer vereador pode se licenciar por motivos de saúde por exemplo. Mas que no seu caso, a lei orgânica municipal o dá direito a licença no período em que ele estiver ocupando cargo no poder executivo. Felipe disse que a qualquer momento ele pode deixar o executivo e retornar ao legislativo, citando o exemplo de como acontece nas esferas estadual e federal.

Perguntamos se havia algum motivo específico para deixar o cargo para o qual foi eleito, assumindo uma vaga de chefia de gabinete, praticamente abrindo mão da representatividade pública direta dos eleitores que o elegeram, para gerir uma pasta de cargo de confiança na prefeitura. Baltazar disse que o prefeito já havia feito o convite para ocupar o cargo de secretário em um outro momento, entretanto não o considerava preparado para isso. Passado esses dois anos no poder legislativo, Baltazar afirma que recebeu um novo convite e, depois de fazer uma avaliação cuidadosa de seu mandato e ver que está preparado para essa mudança, acabou tomando a decisão, entendendo que como secretário teria mais condições de contribuir para as melhorias que São José precisa. Felipe disse que tem muito trabalho a ser feito e que com a sua experiência como vereador vai fortalecer o governo para avanços e mudanças que precisam ser feitas.

Sobre os seus eleitores interpretarem que, ao assumir um cargo de confiança da prefeitura, através dessa licença permitida, o seu representante abre mão dessa representação direta deles no legislativo, Baltazar acredita que, independente da função que esteja exercendo, quem confiou o votou a ele, o fez por que sabe que a cidade precisa de mudanças e espera que ele possa ajudar a promover as melhorias necessárias. Felipe destacou que tanto os seus eleitores, quanto a população de modo geral, vão compreender essa mudança e tem confiança para dizer que muitas coisas boas podem surgir dessa mudança.

Em contato com o chefe de gabinete, perguntamos qual a expectativa para assumir o cargo na Câmara Municipal. Martins confirmou que a decisão foi tomada em conjunto com Baltazar, e disse que espera poder conciliar os trabalhos e fazer uma boa legislatura.

Também contatamos o prefeito Gilberto Esteves, que informou se tratar de um pedido dos dois. De acordo com o chefe do executivo, como são da mesma base de governo, não viu nenhum óbice. O prefeito destaca que tanto o executivo quanto o legislativo municipal saem ganhando com essa troca.

Ouvindo membros políticos de partidos e futuras candidaturas, já se comenta nos bastidores da política municipal, que essa troca poderia ser um possível ajuste para Baltazar ser o sucessor do atual prefeito. Nomes já começam a surgir no cenário político, uma vez que se aproximam as eleições municipais de 2020, que elegerão ou não os atuais nomes, podendo apresentar novos nomes para o legislativo e executivo municipal.

(Imagem: Reprodução da Internet)

Deixe seu comentário:

REDES SOCIAIS

DISQUE-DENÚNCIA PM

DISQUE-DENÚNCIA PM

RÁDIO KISS JF

RÁDIO KISS JF

ATELIÊ GOLDEN ARTS

ATELIÊ GOLDEN ARTS

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!

Menu

NOSSO WHATSAPP

NOSSO WHATSAPP

Curta no Facebook

DOWNLOAD APLICATIVO

DOWNLOAD APLICATIVO