Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Mais um acidente na subida do Valverde, região central de São José, após instalação de lombada

mais-um-acidente-na-subida-do-valverde-regiao-central-de-sao-jose-apos-instalacao-de-lombada-7

Moradores e usuários da subida do Valverde, região central de São José do Vale do Rio Preto, seguem vivenciando um grande impasse após a instalação de uma lombada no local, próximo a Rua Odete Freire. Nesta segunda-feira mais um acidente foi registrado, após uma motocicleta em alta velocidade colidiu contra um automóvel. Segundo divulgado nas redes sociais, o condutor da moto fugiu do local.

O impasse começou após a prefeitura instalar a lombada no local, que segundo quem passa pela via, afirma que não tem sido eficaz para impedir a redução da velocidade da maioria das motos e veículos, sendo local ainda onde caminhões estacionam constantemente, bloqueando parte da via.

Na última sexta-feira dia 06, outro acidente envolvendo uma moto e um caminhão foram registrados no mesmo local. Segundo informado, por conta do motorista do caminhão desconhecer a lombada existente no trecho, o mesmo freou bruscamente, fazendo com que o condutor da motocicleta atingisse em cheio a traseira do caminhão. O motoqueiro acabou sofrendo inúmeros traumas, sendo transferido para um hospital de Petrópolis.

Após as inúmeras reclamações, a Secretária de Defesa Civil e Ordem Pública de São José, divulgou uma nota a respeito, afirmando que a lombada implantada na Rodovia Bianor Martins Esteves, em frente a entrada da Rua Odete Freire, foi instalado devido a uma solicitação feita através de abaixo assinado em governos anteriores, pelos próprios moradores da localidade.

Quanto a sinalização, que os usuários da via alegam não estar correta e nem instalada de maneira correta, a Defesa Civil afirma que as placas foram colocadas em local visível há 20 dias, antes da colocação da lombada. O comunicado ainda salienta que, na via o limite máximo de velocidade é de 40Km/h, sendo que muitos motoristas não respeitam tal sinalização e nem limite. Motivo este, que teria originado o pedido de instalação de uma lombada no local, segundo afirmado pela Defesa Civil.

Não é de hoje que a questão velocidade dos veículos na região central de São José é um problema. São inúmeros registros de caminhões, motos e automóveis que usam as pistas de limitação baixa de velocidade, para manobras e passagens bastante perigosas. No caso da subida do Valverde, no local onde foi instalada a lombada, existe ainda um ponto de ônibus, que segundo a Defesa Civil, torna-se então de grande necessidade a lombada.

Quanto à pintura da lombada que até o último acidente registrado não havia sido feita, a Defesa Civil informou que existe um tempo proposto de até 15 dias, para a pintura, devido a tinta não ser absorvida pelo asfalto recém colocado.

Alguns moradores se mostraram contrários a instalação da lombada, afirmando que não houve unanimidade entre eles, a favor da instalação desse redutor de velocidade no local. Mesmo que reconheçam que a via tem sido usada de forma irresponsável por vários condutores de veículos.

Outros já afirmam que apesar dos acidentes registrados nos últimos dias, a lombada estaria muito bem localizada. O problema seria a irresponsabilidade dos motoristas que descem a rua como se fosse pista de corrida. A única reclamação de quem é a favor da instalação do redutor, é que a proporção está errada e mal feita, estando alto e mal sinalizado.

O que poderia ser uma solução, seria a instalação de radares pelas vias do município, mas isso não existe muita esperança por parte dos moradores de que o poder público venha a fazer.

O prefeito Gilberto Esteves se manifestou à respeito da questão, onde segundo ele, desde janeiro de 2017, já existia um pedidos dos moradores para instalar a lombada no local. Segundo ele, o pedido dos moradores para instalação da lombada no local já era existente desde janeiro de 2017. Sendo atendido principalmente por haver a necessidade de coibir a desobediência de uma grande parte dos motoristas, que passam pela via em altas velocidades, não respeitando o limite máximo de 40km/h.

Sobre os padrões da lombada, o prefeito disse que está dentro da regra de instalação de redutores, tendo sido instalado posteriormente às placas de sinalização. Gilberto disse que as placas, ao todo são três, foram instaladas antes do redutor. Faltando apenas as pinturas na lombada, que segundo ele explicou, não é obrigatório. Somente as placas indicando a existência de um redutor são exigidas pela regra.

(Imagens: Reprodução de Grupos de WhatsApp)

Deixe seu comentário:

REDES SOCIAIS

DISQUE-DENÚNCIA PM

DISQUE-DENÚNCIA PM

ATELIÊ GOLDEN ARTS

ATELIÊ GOLDEN ARTS

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!

Menu

NOSSO WHATSAPP

NOSSO WHATSAPP

Curta no Facebook

DOWNLOAD APLICATIVO

DOWNLOAD APLICATIVO